Sessão, cessão e seção. Quando usar cada termo?

sessao-cessao-e-secao

Sessão, cessão e seção

Sessão:

Significa “o intervalo de tempo que dura alguma coisa”, como uma reunião, uma assembleia, um espetáculo, etc.

Exemplos:

A sessão demorou muito para começar.

A sessão terá como objetivo aprovar ou não a nova lei do estudante.

Cessão:

Significa “ceder”, ou seja, “transferir algo”, “dar posso de algo a outrem”.

Exemplos:

Ela confirmou a cessão de suas roupas para uma igreja.

A biblioteca da escola cancelou a cessão dos livros aos alunos.

Dica: para não errar, lembre-se de que “ceder” começa com “c”.

Seção:

Significa “uma fração”, “um segmento”, “uma subdivisão”. Pode significar “a repartição de um serviço público ou privado”, sendo sinônima de “departamento”, “setor”.

Exemplos:

Os sabões se encontram na seção de limpeza.

A seção do jornal que fala sobre economia não veio.

Dica: para não se confundir, procure fazer este jogo de palavras: repatiÇÃO – seÇÃO.

Aulas de redação

Aprimore sua escrita com aulas virtuais de redação. Elas são dinâmicas e práticas. Até os mais atarefados conseguem participar. Para saber mais, clique aqui ou envie e-mail para ingrididicas@gmail.com.

Por este e-mail, você também contrata serviços de elaboração, revisão, formatação e correção de textos.

Obrigada pela visita e até a próxima!

+ dicas