Saia e saía. Quando usar cada forma verbal?

 Saia e saíaSaia e saía

Importante: nesta publicação, falaremos das formas verbais saia e saía. O homônimo saia, referente a vestuário, não está em pauta.

Saia, sem acento agudo

É o verbo sair conjugado na 1ª pessoa do singular (eu) do presente do subjuntivo – tempo que exprime dúvida, desejo, vontade, pedido, incertezas, probabilidade, ordem, etc.:

Talvez eu saia na sexta, sim.
[dúvida]

Você quer que eu saia do emprego?
[desejo]

Formação do presente do subjuntivo

É formado com base no radical da primeira pessoa do singular do presente do indicativo, acrescentando-se a terminação apropriada. O presente do subjuntivo apresenta terminações fixas:

Verbos que terminam em ar recebem em sua terminação a vogal temática e:

Falar > Eu fal(-o) > que eu fale.

Amar > eu am(-o) > que eu ame.

Dançar > eu danç(-o) > que eu dance

Verbos terminados em er e ir recebem em sua terminação a vogal temática a:

Correr > eu corr(-o) > que eu corra.

Sair > eu sai(-o) > que eu saia.

Saía, com acendo agudo

É o verbo sair conjugado na primeira (eu) e terceira (ele/ela) pessoa do singular no pretérito imperfeito do indicativo – tempo usado nas seguintes situações:

Para falar de hábito ou acontecimento que ocorria com frequência no passado:

Antigamente eu saía muito.

Para indicar a continuidade de uma acontecimento em relação a outro que ocorreu ao mesmo tempo no passado:

Quando eu me aproximava, ela saía de perto.

Aulas de redação

Aprimore sua escrita com aulas virtuais de redação. Elas são dinâmicas e práticas. Até os mais atarefados conseguem participar. Para saber mais, clique aqui ou envie e-mail para ingrididicas@gmail.com.

Por este e-mail, você também contrata serviços de elaboração, revisão, formatação e correção de textos.

Obrigada pela visita e até a próxima!

+ dicas