Quando usar a vírgula antes do “e”?

Quando usar a vírgula antes do “e”?A vírgula antes do “e”

Primeiramente, vamos entender a função dessa conjunção:

(1) A conjunção “e” estabelece relação de adição entre termos de uma oração ou entre orações. Exemplo:

Anvisa não foi notificada e diz que vai recorrer.
[“e” estabelece relação de adição entre as orações]

(2) A conjunção “e” serve para finalizar uma enumeração:

Uma boa redação deve ser clara, objetiva, concisa e informativa.
[“e” finaliza a enumeração, que é formada por adjetivos]

Quando vem precedida de vírgula

Recomenda-se o emprego da vírgula antes da conjunção “e” quando há orações aditivas de sujeitos diferentes a fim de criar-se uma leitura mais clara. Exemplo:

João pegou suas coisas, e Isabel se trancou no quarto.
[“João” pratica a ação de pegar; Isabel, a de trancar-se no quarto. Veja: são dois verbos, duas ações, com sujeitos diferentes. Portanto, a vírgula é lícita].

Analisemos outra frase:

Ricardo juntou as trouxas e seguiu rua a fora.
[aqui o sujeito é igual para os dois verbos. Desse modo, não há necessidade da vírgula, nem deve ser empregada.

Aulas de redação

Aprimore sua escrita com aulas virtuais de redação. Elas são dinâmicas e práticas. Até os mais atarefados conseguem participar. Para saber mais, clique aqui ou envie e-mail para ingrididicas@gmail.com.

Por este e-mail, você também contrata serviços de elaboração, revisão, formatação e correção de textos.

Obrigada pela visita e até a próxima!

+ dicas