Quando haver é verbo impessoal?

O verbo haverHaver é verbo impessoal quando tem sentido de existir e de ocorrer. Isso significa que, nessas concepções (existir e ocorrer), haver permanece invariável; não concorda com nenhum sujeito. Por essa razão, se flexiona apenas na 3ª pessoa do singular:

Havia muitas razões para eu duvidar.
[observe: havia, e não haviam]

Houve várias discussões a respeito desse assunto.
[observe: houve, e não houveram]

O verbo haver vai para o plural quando desempenha  função de verbo auxiliar. Nesse caso, indica pessoa, tempo e modo verbal e equivale ao verbo ter nos tempos compostos:

Eles haviam chegado tarde.
[é o mesmo que: Eles tinham chegado tarde]

Vale lembrar que os verbos existir e ocorrer são pessoais. Isto é, são variáveis. Nas orações, sempre haverá um sujeito que concorde com tais verbos. Assim:

Existiam muitas razões para eu duvidar.
[núcleo do sujeito: razões (substantivo no plural) = existiam]

Ocorreram várias discussões a respeito desse assunto.
[núcleo do sujeito: discussões (substantivo no plural) = ocorreram]

Aulas de redação

Possui dificuldades para redigir? Resolva esse problema com aulas virtuais de redação. Elas são dinâmicas e práticas. Até os mais atarefados conseguem participar. Para saber mais, clique aqui ou envie e-mail para ingrididicas@gmail.com.

Por este e-mail, você também contrata serviços de elaboração, revisão, formatação e correção de textos.

Obrigada pela visita e até a próxima!

 

+ dicas