O excesso de orações reduzidas de gerúndio na redação

O excesso de orações reduzidas de gerúndio na redaçãoRecebem o nome de orações reduzidas aquelas que apresentam o verbo numa das formas nominais: infinitivo, gerúndio e particípio. São reduzidas, pois não são ligadas por meio de conectivo. Veja:

Descobrindo a rua, localizei a casa do ator.

A parte sublinhada é uma oração reduzida de gerúndio [para ser mais exata: oração subordinada adverbial temporal reduzida de gerúndio]. Perceba que não há conectivo ligando-a à oração principal (localizei a casa do ator).

É justamente sobre as reduzidas de gerúndio que eu quero falar.

Orações reduzidas de gerúndio

O emprego das reduzidas em gerúndio exige cautela. O excesso ou o mau emprego atrapalha o estilo (o modo elegante e correto de escrever) e prejudica os mecanismos estruturais da língua. Frequentemente o gerúndio surge “pendurado” no fim do período. Essa estrutura dificulta a identificação do sujeito e afeta a coerência do enunciado. Para não cometer essa falha, é preciso que o gerúndio pertença ao mesmo sujeito da oração anterior. Observe:

O próximo jogo do Paysandu será no domingo, podendo assumir a liderança da Série B.

Essa estrutura indica que o sujeito de podendo assumir tem como núcleo jogo. Interpretação sem cabimento, uma vez que quem pode assumir a liderança é o Paysandu, e não o jogo. Reestruturando:

Paysandu joga no domingo, podendo assumir a liderança da Série B.

Agora há equivalência entre o sujeito do gerúndio e o da oração anterior. Ou seja, agora, sim, a estrutura está correta!

Mesmo sabendo fazer uso da oração gerundial, o autor deve usá-la moderadamente. O excesso de construções desse tipo prejudica o estilo. É desagradável encontrar num mesmo parágrafo vários ando, endo, indo e ondo. Pelo bem da coerência e da boa escrita, pondere o emprego das reduzidas. Muitas vezes, é preferível fazer uso de orações desenvolvidas [orações que se iniciam com conjunção e possuem verbo flexionado].

Referência: O gerundismo em redações de vestibulandos,
por Chico Viana, Publicado no Especial Vestibular/Enem 2013
da revista Língua Portuguesa.

Aulas de redação

Aprimore sua escrita com aulas virtuais de redação. Elas são dinâmicas e práticas. Até os mais atarefados conseguem participar. Para saber mais, clique aqui ou envie e-mail para ingrididicas@gmail.com.

Por este e-mail, você também contrata serviços de elaboração, revisão, formatação e correção de textos.

Obrigada pela visita e até a próxima!

+ dicas