Está e estar. Quando usar cada forma?

⇒ ESTAR

Ação de encontrar-se em certo estado, condição, ou situação no tempo ou no espaço – é verbo no infinitivo – uma forma nominal do verbo que exprime apenas o estado ou a ação sem designar tempo, modo, número ou pessoa.

Usa-se infinitivo nos seguintes casos:

1) Locuções verbais: dois verbos que representam uma única ação verbal:

O investigado diz estar tranquilo sobre o caso.
» “diz estar” forma uma locução verbal.

2) Orações reduzidas: orações abreviadas, sem conectivo (conjunção ou pronome relativo) e com o verbo numa das formas nominais (gerúndio, particípio e infinitivo)]:

É importante estar preparado financeiramente para ter um filho.
» “estar” introduz uma oração / oração reduzida de infinitivo.

3) Quando apresenta uma ideia vaga, genérica, sem se referir a um sujeito determinado:

Estar apaixonado é uma coisa louca.

4) Quando é regido de preposição e funciona como complemento de um substantivo, adjetivo ou verbo da oração anterior:

Temos a obrigação de estar contentes com o presente.
» “estar” complementa o substantivo “obrigação”.


⇒ ESTÁ

É o verbo “estar” conjugado na terceira pessoa do singular (ele/ela) do presente do modo indicativo – tempo verbal que serve para falar de um hábito ou de fatos que ocorrem frequentemente; para descrever uma ação que está ocorrendo:

Ele está internado.

Ela está felicíssima com o novo emprego.

O pai (ele) está na roça.

A enfermeira (ela) está de folga.

Observe que, nas frases acima, há sujeito, que é “ele/ela”.

Quando houver dúvidas, verifique se é possível colocar “ele” ou “ela” antes do verbo. Se sim, o emprego correto será “está”.

 

Fonte: Dicas Diárias de Português www.facebook.com/DicasDiariasdePortugues

 

+ dicas